Escolha uma Página

  Salve Amante das cordas!

Seja bem vindo a mais uma aula do Blog do Alabama!

Como você já deve estar cansado de saber, as aulas que eu posto aqui são baseados nos pedidos que eu recebo. Por isso, as últimas aulas foram todas sobre Blues (e ainda estou recebendo pedido para continuar), mas eu decidi mudar um pouco o tema e no meio desta aula vou tocar em um tema que é sempre recordista de pedidos. MODOS GREGOS.

Uma dúvida muito comum dos alunos é sobre sobreposições de graus na hora de improvisar. E o que muita gente não sabe, ou não prestou atenção ainda, é que existe uma forma muito prática para criar as famosas “terças” e qualquer outro grau na improvisação.

Vamos pensar nas notas de uma escala de G maior

G    A    B    C    D    E    F#

A combinação das notas citadas acima gera diversos acordes diferentes (lembrando que um conjunto de notas forma um acorde) pois para usarmos as terças de cada nota teremos que pensar se usaremos uma terça maior ou menor e assim por diante com os outros graus.

Mas para facilitar podemos enxergar todas essas notas olhando somente nessa escala, por exemplo

 A terça da G é a nota B, já a terça de B será a nota D

Logo penso que a escala de G maior completa é igual a uma escala que comece pelo B, porém que use as notas da escala de G

 G    A    B    C    D    E    F#

B    C    D    E   F#   G    A

E isso me da exatamente as terças já maiores ou menores de cada grau do campo harmônico. O mesmo vale para qualquer outro grau dessa escala.

 G    A    B    C    D    E    F#

B    C    D    E   F#   G    A

D    E   F#  G    A     B    C

F#  G    A    B    C     D    E

Para facilitar ainda mais, você pode pensar que cada inversão mencionada acima representa uma digitação dos Modos Gregos, são essas que vou anexar abaixo.

Digitações dos Modos padrão de 3 notas por corda

 

 I  – Modo Jônio – I   II   III   IVj   Vj   VI   VIIM

II – Modo Dórico – I   II   IIIb   IVj   Vj   VI   VII  

III – Modo Frígio – I   IIb   IIIb   IVj   Vj   VIb   VII

IV – Modo Lídio – I   II   III   IV#   Vj   VI   VIIM

V – Modo Mixolídio – I   II   III   IVj   Vj   VI   VII

VI – Modo Eólio – I   II   IIIb   IVj   Vj   VIb   VII

VII – Modo Lócrio – I   IIb   IIIb   IVj   Vb   VIb   VII

Para que você possa acompanhar e entender como aplicar as dicas acima, assista o vídeo que eu publiquei no YouTube no dia 22 de Outubro de 2019, chamado “E SE O IRON MAIDEN TIVESSE 7 GUITARRISTAS?”. Para assistir, basta clicar na imagem abaixo:

Se você já faz parte do #TeamAlabama, muito obrigado por fazer parte desta imensa família de aprendizes da música. Se você ainda não faz parte do #TeamAlabama, junte-se a nós! Você não paga nada por isso e você aprende ou aperfeiçoa os seus conhecimentos na guitarra. Fica aqui o meu convite especial para você fazer parte de nossa família.

Como? Visite o meu website www.mauricioalabamaonline.com e inscreva-se. É gratuito e você recebe emails com conteúdo valioso (como o deste artigo). Junte-se a nós!

Lembre-se o conhecimento não veio até você para ficar preso. Nos ajude a criar uma comunidade ainda mais forte na música, convidando seus amigos a participar do #TeamAlabama.

Forte abraço e até a próxima!

Mauricio Alabama